/Fortaleza: facções ditam regras no Barroso 2

Fortaleza: facções ditam regras no Barroso 2

As famílias que estão deixando a comunidade do Barroso 2, é uma prova de que o crime organizado vem ditando as regras pela ausência de políticas consistentes de Segurança Pública do Estado. As famílias estão deixando o local onde moravam a quase duas décadas pelo medo, após ameças das facções criminosas e pichações ordenando que os moradores deixem suas casas.

Muitas famílias já deixaram o local e outras continuam fazendo suas mudanças. O Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), o Comando de Distúrbios Civis (CDC) e a Força Tática estão nas imediações e acompanham as mudanças para dar maior segurança aos moradores.

Todos acreditam que as pichações foram feitas por facção criminosa que pretende se apossar do local  para criar pontos de drogas e outras atividades ilícitas.

Na página da Secretaria de Segurança Pública informa que  uma ação rápida da Polícia Militar do Ceará (PMCE) resultou nas prisões de dois homens e uma mulher, suspeitos de realizar pichações com ameaças para que moradores da rua São Cipriano, no bairro Barroso, na Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3), deixassem suas casas.

A ação ocorreu na noite de ontem (04), no bairro Passaré, em Fortaleza. Junto com os suspeitos foram apreendidas duas armas de fogo, balanças de precisão e entorpecentes.

De acordo com a nota as investigações acerca das pichações com ameaças seguem até que todos  os envolvidos sejam identificados e capturados.

 

Comente com Facebook