/Piñera é eleito presidente do Chile

Piñera é eleito presidente do Chile

O ex-presidente Sebastián Piñera derrotou neste domingo, 17, Alejandro Guillier e voltará a ocupar o Palácio de La Moneda, quatro anos depois. O empresário de 68 anos, candidato conservador, obteve mais de 54% dos votos. O senador Guillier, que reuniu apoio das principais forças da esquerda chilena, ficou com 45% dos votos.

Com todos os votos apurados, Guillier, de 64 anos, reconheceu que sofreu uma “derrota dura”, parabenizou o bilionário pela vitória e pediu que ele continue as reformas iniciadas pela presidente Michelle Bachelet. Piñera tomará posse no dia 11 de março.

 “Uma vez mais o povo chileno decidiu pelo voto popular seu destino. Quero, esta noite, felicitar ao meu adversário, Sebastián Piñera, o novo presidente da república, a quem já telefonei para felicitar por seu impecável e maciço triunfo”, declarou o senador.

No Chile, o voto não é obrigatório. Por isso, no primeiro turno, em novembro, o comparecimento às urnas foi de quase metade dos mais de 14 milhões de eleitores. O índice de participação de ontem era considerado vital. Se fosse maior do que o do primeiro turno, segundo analistas, Guillier tinha chances de derrotar Piñera, porque o candidato esquerdista tinha uma margem maior para conquistar novos eleitores.

No primeiro turno, o empresário, que governou o Chile de 2010 a 2014, havia conseguido 36,6% dos votos (muito abaixo do esperado), contra 22% do senador Guillier e 20% da candidata da esquerda radical, Beatriz Sánchez. Neste domingo, no entanto, o comparecimento registrado foi praticamente o mesmo, o que favoreceu Piñera.

(Estadão)

Comente com Facebook