/Nova Russas: garis cobram pagamento de salários atrasados

Nova Russas: garis cobram pagamento de salários atrasados

Essa semana a Luciana do Sagrado Coração de Jesus, filha da dona Aldenora,  varredora de rua,  fez uma reclamação  ao prefeito Rafael Pedrosa, através de áudio que viralizou nos grupos de WhatsApp do município, onde ela fazia uma cobrança a empresa P2,  responsável pela coleta do lixo no município, pelo pagamento de salário dos garis, que segundo ela, já caminhavam para os três meses de atraso.

Luciana reclamava a falta de sensibilidade da gestão, por não ter uma política de valorização para com essa classe tão importante para o município. Luciana ressalta que os garis precisam pagar água e luz, serviços essenciais que se não forem pagos em dias, terão a prestação de serviço interrompida.

A P2, divulgou uma nota em uma emissora local, dizendo que estaria repassando o pagamento de um mês com recursos próprios. Mas não deixa claro, se foi colocado em dia o pagamento de salários atrasados dos garis.

Nesta sexta feira (15/12), as redes sociais continuaram repercutindo o drama dos garis. Um conceituado empresário da cidade, Darley Coelho,que é membro de um dos maiores Clubes de Serviços do mundo, o LIONS, também se sensibilizou com o problema, divulgando um comentário em sua rede social Facebook:

“Hoje recebi em minha Loja um Gari pedindo ajuda para realizarem um Natal desses grandes profissionais que trabalham diariamente na limpeza da ruas de nossa cidade. Após ser solidário a eles dando minha contribuição, indaguei ao mesmo se estavam com seus salários em dias, ele me respondeu de forma abatida que ainda tinha um mês dentro, portanto o de novembro pelo que eu entendi. Venho aqui solicitar ao amigo Rafael Pedrosa que veja o porque desse atraso. Cada um recebe apenas um salário mínimo e ainda ter que passar pela humilhação de recebê-lo de forma atrasada. Por quê meu Deus? Acho que esses profissionais merecem mais respeito e dignidade.” Destaca Darley.

Como estamos as vésperas do Natal e das festas de fim de ano, partindo do princípio, que a maioria dos profissionais da classe dos garis moram na região do alto e estão desassistidos tanto política quanto financeiramente, por falta de representantes que cobrem o respeito merecido a essa valorosa classe de profissionais, esperamos que as devidas providências sejam tomadas e as autoridades competentes do município, tanto o prefeito Rafael Pedrosa, quanto o empresário responsável pela P2, venham a público dar as devidas explicações para sociedade sobre o atraso no pagamento dos garis.

 

Comente com Facebook