/Rodrigo Maia defende atuação da Câmara e reitera prioridade para agenda de reformas

Rodrigo Maia defende atuação da Câmara e reitera prioridade para agenda de reformas

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que a Casa tem cumprido seu papel, apesar da crise econômica grave e das investigações da Operação Lava Jato, que tiveram grande impacto sobre a política brasileira.

“O que acho mais importante é que as instituições funcionam, o Ministério Público tem toda liberdade para atuar, a Justiça está avançando”, disse. “O Ministério Público tem trabalhado com liberdade, inclusive dentro da Câmara, quando é necessário”, afirmou.

Agenda legislativa
Em entrevista nesta segunda-feira (27) em São Paulo, o presidente da Câmara defendeu a atual agenda legislativa. “É importante que a Câmara tenha a sua agenda, uma agenda que de forma alguma atrapalhe qualquer investigação, mas uma agenda que coloque o Brasil em condições de voltar a crescer”, ressaltou.

Rodrigo Maia manifestou apoio às reformas – não apenas na Previdência, mas também a administrativa. Ele defendeu ideias como a possibilidade de demitir servidores e reduzir salários em momentos de crise financeira, situação vivida por alguns estados.

“Temos uma crise fiscal sem precedentes, a Câmara deve se colocar nesse papel de priorizar uma agenda de reformas, somado a uma agenda que garanta segurança jurídica para que o setor privado volte a investir, para reduzir o tamanho do Estado e dar segurança ao investimento”, disse.

Rumos a 2018
Rodrigo Maia foi entrevistado pelo redator-chefe da revista Veja, Policarpo Junior, no evento “Amarelas ao Vivo”, em que a revista reuniu dez personalidades para falar sobre os rumos da política e da economia no ano eleitoral de 2018.

Entre os convidados, que foram entrevistados durante todo o dia, estavam o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ); o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. O encontro na capital paulista ocorreu no Instituto Tomie Ohtake.

(Agência Câmara)

Comente com Facebook