/Manuela D’Ávila defende uma união das esquerdas

Manuela D’Ávila defende uma união das esquerdas

A pré candidata a presidente da República Manuela D’Ávila (PC do B) defende que em algum momento de 2018 as esquerdas devem estar juntas e apontar caminhos para sair da crise.

O Ceará Notícias esteve presente na sala de imprensa da Assembleia Legislativa do Ceará para entrevista coletiva com a pré candidata do PC do B Manuela D’Ávila.

Ela veio ao Ceará para participar do Seminário ” 16 dias de ativismo, Direitos, Lutas e Resistência”  da violência contra a mulher.

Manuela disse que vai ser candidata para defender o Brasil. Destacou que as candidaturas de esquerda devem se unir em qualquer momento de 2018 para manter um projeto social para o país.

Vamos propor um Estado onde as pessoas tenham direito a saúde, educação, segurança e social. O Estado mínimo é um programa da Direita e não compactuamos com ele.

Manuela ao ser indagada sobre o processo de judicialização da política e uma eventual situação em que o ex-presidente Lula, não venha a concorrer as eleições do ano que vem, ela foi enfática: ” “acreditamos que Lula não está acima da lei, mas também não deve estar abaixo dela. Portanto, é um direito de todo  cidadão brasileiro concorrer a um cargo num regime democrático.”

“Não podemos aceitar que nomes de grandes brasileiros como de Lula e Ciro possam ficar de fora de uma disputa presidencial. São grandes brasileiros e podem dar grandes contribuições a política do nosso país.” Destaca Manuela.

Manuela D’Ávila ressaltou que o PC do B tem um papel fundamental em 2018. Vamos dar oportunidade ao povo brasileiro de discutir políticas sociais para as mulheres e não só simplesmente discutir políticas de violência contra a mulher.

Manuela Dávila ainda deixou escapar que a Deputada Estadual Augusta Brito pode vir a ser candidata a Senadora em 2018, vamos conversar com ela, afirmou.

Em vários momentos da entrevista fez referências positivas ao Estado do Ceará e ao presidenciável Ciro Gomes (PDT). “Temos que construir um projeto de futuro por isso a importância do debate.” Destaca Manuela.

Estiveram presentes os Deputados Estaduais Carlos Felipe e Augusta Brito (PC do B), Deputado Federal Chico Lopes (PC DO B), o secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Inácio Arruda, o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) e prefeito de São Benedito (CE), Gadyel Gonçalves e  outros representantes da sigla no Estado.

Comente com Facebook