/Lula ainda é um fator decisivo no Ceará. Por Reginaldo Silva

Lula ainda é um fator decisivo no Ceará. Por Reginaldo Silva

Gostem ou não do PT. Amem ou odeiem Lula(PT), mas, a eleição de 2018 no Estado do Ceará terá forte influência do ex-presidente.

No final do mês de outubro, o senador Eunício Oliveira(PMDB) deu uma declaração dizendo que sempre foi eleitor de Lula e, caso seu partido não lance candidato a presidente, irá apoiá-lo no Estado.

Ciro(PDT), candidato a Presidente da República tem absoluta convicção que só chegará ao segundo turno e até mesmo a presidência com o ex-presidente fora do páreo ou apoiando sua candidatura.

O almoço com ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT), sinaliza um bom entendimento entre Ciro e uma considerável ala do Partido dos Traahadores. Wagner, apontado como possível substituto de Luiz Inácio Lula da Silva na disputa presidencial, caso o ex-presidente seja impedido pela Justiça, afirmou nesta quarta-feira ( 1º/11), que Ciro Gomes é um bom candidato.

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner defende a criação de uma “Marcha pela Civilização” contra o que ele batizou de obscurantismo.

Tanto Ciro quanto Lula brigam pela mesma fatia de um eleitorado na região nordeste, onde o ex presidente leva uma grande vantagem pelo fato de ter ocupado a presidência por duas vezes, sem falar do período que Dilma esteve a frente do Palácio do Planalto.

No Ceará, a situação é mais complicada ainda para Ciro, sua terra natal, onde Luiz Inácio Lula da Silva tem grande aceitação e mina sua principal base eleitoral.

Cid(PDT) disse outro dia em um encontro da sigla  na cidade de Ipueiras, que tem dupla missão nas  eleições do próximo ano, a primeira é trabalhar para reeleição de Camilo Santana(PT) e a segunda é dar uma boa votação para seu irmão no Estado.

Por enquanto, a primeira parece que aos poucos vai tomando corpo, quanto a segunda, é preciso aguardar o destino de Lula. Ele preso ou solto, tem forte influência no Ceará.

 

 

Comente com Facebook