/O desafio de conciliar estudos e vida profissional

O desafio de conciliar estudos e vida profissional

Ingressar no mercado de trabalho ainda cursando uma graduação requer disciplina e planejamento. Os estudantes precisam saber administrar o tempo para conciliar as atividades que vão além da sala de aula

Trabalhar e estudar é uma realidade vivida por muitos jovens, seja pela necessidade financeira ou pela vontade de colocar em prática o que se aprende em sala de aula. Na Faculdade Ateneu, por exemplo, 65% dos alunos estudam e trabalham. Andreza Albuquerque, gestora de carreiras do Núcleo de Apoio a Carreira da Faculdade Ateneu, explica que os dados foram obtidos com a Pesquisa de Empregabilidade, realizada entre os estudantes da faculdade, no primeiro semestre de 2017. “Fiquei muito feliz. Estava preocupada, porque achei que era um percentual de desempregados maior”, revela.

Outro dado apontado pela pesquisa indica que 70% dos alunos da faculdade que trabalham estão atuando no mercado de maneira efetiva, ou seja, com carteira assinada. E, destes, um percentual também significativo consegue trabalhar na própria área de formação. “A ideia não é conseguir qualquer colocação para o aluno, é conseguir uma colocação dentro da formação dele”, completa a gestora.

Nesse processo de encaminhamento para o mercado de trabalho, o Núcleo tem orientado os estudantes quanto aos processos seletivos, promovendo palestras com empresas parceiras, além de captar e divulgar vagas de estágio e emprego entre os alunos. Andreza ressalta que são mais de 1.000 empresas conveniadas à Faculdade Ateneu, o que possibilita a divulgação de 4.000 vagas por ano.

Estudo e trabalho

Na dupla jornada, os desafios são muitos. Andreza aponta como o principal a gestão do tempo. A demanda de atividades complementares por parte dos professores exige que os alunos disponham de tempo extra para se dedicar aos estudos não apenas em sala de aula.

E para os que trabalham em área diferente da qual estão se preparando, o desafio pode ser ainda maior. “Ficam com a expectativa de vivenciar na prática o que veem na sala de aula. Às vezes, se frustram”, comenta Andreza.

Segundo a gestora, para conciliar estudos e trabalho, é importante que o estudante desenvolva cinco atitudes:

1. Ter capacidade de autogerenciamento;
2. Exercitar a disciplina;
3. Realizar um planejamento de estudos e carreira;
4. Ser resiliente para ter a capacidade de se adaptar a uma rotina cansativa, de muitas responsabilidades;
5. Ter maturidade para lidar com os dois desafios – estudo e trabalho

Estudantes trabalhadores

Organização e foco são as atitudes que Mardônio Augusto, de 22 anos, desenvolveu para lidar com a rotina de trabalho e estudos. O estudante conta que sai às 6h30 de casa, na região de Itaitinga, em direção ao trabalho e, ao fim do expediente, enfrenta quase duas horas no transporte para a faculdade, onde cursa o 8º semestre em Ciências Contábeis, na Ateneu. O retorno para casa se dá tarde da noite, às 23 horas.

No entanto, Mardônio diz que a programação exaustiva é passageira, apenas uma “fase da vida, um investimento”. Determinado, o estudante já estagiou mais de um ano em um escritório de contabilidade no bairro da Aldeota, e há dois meses foi efetivado como auxiliar de contabilidade na empresa. Mardônio alimenta planos de crescer na função. “Pretendo fazer cursos específicos para alcançar cargos melhores. Hoje sou auxiliar, quero poder ir para assistente, analista.”

Para conciliar as responsabilidades, o estudante aproveita todos os horários disponíveis, seja no tempo do almoço, no intervalo da faculdade ou nos fins de semana. Aos que encaram a mesma trajetória, ele recomenda: “A pessoa deve ter uma boa organização, foco sobre o que quer da vida, pegar todo o embasamento da faculdade para aplicar no trabalho. Levamos o conteúdo teórico da sala de aula e aplicamos no trabalho, o que gera mais conhecimento”.

Estudar e empreender é o que vivencia Higletisa Gomes nos últimos dois anos. Aos 27 de idade, ela trocou a graduação de Publicidade pela de Recursos Humanos na faculdade Ateneu, onde cursa o 2º semestre. A rotina da estudante ficou mais movimentada quando foi convidada pelo esposo para montar uma empresa de cosméticos no shopping Iguatemi. Desde então, o dia se divide entre a faculdade pela manhã, cuidados com o filho na hora do almoço e o trabalho na empresa até as 22h.

Apesar da correria, a empresária se sente recompensada ao aplicar os conhecimentos adquiridos na faculdade no próprio negócio. “É gratificante aprender no curso não só as regras de Recursos Humanos, mas também orientações para a vida pessoal. Aplicar a teoria na prática acaba desenvolvendo habilidades que na teoria a gente não saberia.”

Responsabilidade e organização também fazem parte da rotina de Gabriela Costa, de 21 anos. A estudante cursa o 3º semestre de Marketing na Ateneu e estagia há nove meses na mesma faculdade, como consultora de vendas no call center. Gabriela diz que, até agora, não é difícil conciliar as atividades, e se revela feliz por estar mais conectada à instituição de ensino. “Estava há muito tempo desempregada. A faculdade abriu as portas para mim. Além da oportunidade que deram para estar me qualificando, ainda tive desconto na mensalidade”, lembra. Mesmo que o trabalho não tenha relação direta com os estudos, a jovem enxerga como uma forma de desenvolvimento e ganho de experiência.

(O Povo Online)

Comente com Facebook