/Camilo Santana apresenta balanço de governo na abertura do período legislativo

Camilo Santana apresenta balanço de governo na abertura do período legislativo

O governador Camilo Santana fez um balanço das ações desenvolvidas em 2016, durante a instalação da 3ª Sessão Legislativa da 29ª Legislatura da Assembleia Legislativa, na manhã desta quinta-feira (02/02). O governador apontou ainda a  prioridades para 2017, com investimentos nas áreas da infraestrutura hídrica, educação, segurança pública e saúde.  Os trabalhos foram abertos pelo presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT).

“Considero como um dever de justiça vir a esta Casa em um gesto afetuoso de gratidão ao Parlamento e ao conjunto dos servidores estaduais que nos ajudam na travessia desafiadora que temos”, destacou Camilo.

No balanço das ações, o governador ressaltou que o Ceará foi um dos estados que mais investiu em 2016, por volta de R$ 6,7 bilhões, sem comprometer a gestão dos recursos públicos.

Camilo Santana destacou que, na área da educação, o Estado vem colhendo frutos positivos de uma política implantada na gestão do ex-governador Cid Gomes, e obtendo graduais avanços graças aos esforços de professores, alunos, secretários e prefeitos, que se refletem na melhora dos indicadores da educação do Estado em rankings como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) e o Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) nos últimos anos.

Em relação à segurança pública, o governador ressaltou a redução das taxas de homicídio em 2016 no Estado, com uma queda de 15,2% em comparação com 2015, representando um total de 3.407 casos. “Foi o segundo ano consecutivo de queda, sendo o melhor resultado desde o ano 2000, com ações como a descentralização das atividades do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e do Batalhão Raio, a criação do Batalhão de Divisas, a promoção dos militares, entre tantas outras”, pontuou.

Camilo também chamou a atenção para os investimentos na área de recursos hídricos, como a instalação de cisternas e poços profundos, para amenizar a estiagem prolongada, além de projetar as conclusões do Cinturão das Águas e do trecho da transposição do rio São Francisco no Ceará.

Ele citou ainda a área da saúde, que conta atualmente com 23 Unidades de Pronto Atendimento (Upas) funcionando e mantidas pelo Governo do Estado, além de 22 policlínicas regionais, três hospitais regionais e 22 Centros Especializados de Odontologia (CEOs). “Realizamos em 2016 quase 1 milhão e 800 mil atendimentos na rede pública de saúde, aumentando os gastos na área da saúde em R$ 300 milhões e zeramos a fila do transplante de córnea no Estado”, pontuou. Também apontou investimentos nas áreas de infraestrutura e mobilidade urbana, indústria, assistência e inclusão social, segurança alimentar e nutricional, turismo, meio ambiente, cultura e saneamento.

METAS

Camilo Santana apontou as prioridades para 2017. Num cenário de grandes transformações, ele ressaltou ser imprescindível que o Estado, além de garantir o ritmo de expansão econômica e aprimoramento de seus indicadores sociais, “possa construir uma agenda articulada a um novo salto no seu desenvolvimento, intensificar sua experiência produtiva na convivência com as secas, investir na criatividade das alternativas econômicas, fomentar a qualificação da força de trabalho, agregar valor à produção agrícola e industrial, elevar a produtividade e a capacidade de inserção no comércio internacional”.

Comente com Facebook