/Dicas de Marketing 2: uma administração é conquistada muito mais com atitudes do que com obras.Por Reginaldo Silva

Dicas de Marketing 2: uma administração é conquistada muito mais com atitudes do que com obras.Por Reginaldo Silva

“Estou me deslocando agora para o Instituto Médico Legal de Medellín, de onde sairemos com os corpos para a Base Aérea” A frase é do prefeito de Chapecó Luciano Buligon. Os grandes líderes crescem nos momentos de maiores dificuldades.
Luciano não se intimidou diante da tragédia que se abateu sobre a população de Chapecó. Ele, que foi eleito com grande maioria dos votos, tinha consciência do seu papel como líder inspirador. À sua atitude devia inspirar segurança naquele momento de dor e incertezas.
Outro gestor que ganhou o reconhecimento mundial por sua atitude diante da tragédia foi Rudolph Giuliani. Ele tomava café da manhã  com um assessor e um amigo quando escutou a primeira notícia de que um avião havia atingido o World Trade Center. Em seguida, correu até o local e foi tomando conhecimento da gravidade da situação. Giuliani viu um homem saltar da torre norte e, em seguida, outras pessoas saltando na sequência. O Chefe do corpo de bombeiros lembra do rosto dele no meio da poeira instruindo as pessoas a ficarem calmos, ao mesmo tempo em que pedia as pessoas para deixarem o local.
À sua atitude enquanto gestor no momento de grande dificuldade fez a diferença. Logo após a tragédia, os americanos ficaram com medo de sair às ruas e voltar à sua vida normal. E, mais uma vez Giuliani estava lá, fazendo  aparições em locais públicos para dizer aos americanos que não deviam ter medo.
Certamente, Buligon e Giuliani são dois exemplos de lideranças que ganham a admiração da população pela postura que adotam diante de um quadro de grandes dificuldades. As suas atitudes os tornam admiráveis. O marketing vai apenas dar brilho ao que já existe.
Essa é a nossa Dica de Marketing de hoje, uma administração é conquistada muito mais com atitudes do que com obras.

Sobre o Autor

Reginaldo Silva- professor, historiador, radialista e consultor de marketing

sugestões, críticas e contatos

[email protected]

Comente com Facebook