/Justiça condena a mais de nove anos de prisão acusados de traficar drogas em Messejana

Justiça condena a mais de nove anos de prisão acusados de traficar drogas em Messejana

O juiz Ernani Pires Paula Pessoa Junior, titular da 1ª Vara de Delitos de Tráfico de Drogas de Fortaleza, condenou Allisson de Melo e Davi dos Santos Gomes por tráfico de drogas e associação para o tráfico. “Considerando as provas, oral, pericial e documental, produzidas nos autos, bem como toda a investigação policial, não pairam dúvidas quanto à autoria delitiva”, destacou o magistrado.

Alisson de Melo foi sentenciado a dez anos de prisão. Como confessou o crime, Davi dos Santos teve a pena fixada em nove anos e seis meses de reclusão. Os réus deverão cumprir as penas em regime inicialmente fechado e não poderão apelar em liberdade.

Segundo os autos (nº 0165866-93.2015.8.06.0001), no dia 17 de janeiro de 2015, policiais civis da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) receberam denúncia anônima de que Davi vinha traficando drogas em uma casa localizada na rua Afonso Henrique, no bairro Messejana, na Capital.

Eles foram ao local e encontraram os dois acusados na posse de 75g de cocaína, 305g de crack, cerca de R$ 4 mil, balança de precisão e quatro celulares. Em depoimento, Allisson negou a prática delituosa. Já Davi dos Santos confessou o crime.

Ainda de acordo com o juiz, “tudo demonstrou que os dois réus estavam juntos no tráfico de drogas. No referente ao delito de associação para o tráfico, também restou ele comprovado, já que a prova demonstrou um vínculo associativo entre eles para a aquisição, a preparação e a comercialização de drogas neste Estado”. A decisão foi proferida nessa quarta-feira (20/04).

Comente com Facebook