/GOVERNADOR DO CEARÁ: LULA FOI VÍTIMA DE ARBÍTRIO

GOVERNADOR DO CEARÁ: LULA FOI VÍTIMA DE ARBÍTRIO

Na noite de ontem, depois de encontro com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília, o governador do Ceará, Camilo Santana, publicou o texto abaixo, em solidariedade ao ex-presidente Lula:

Acabo de sair de uma longa reunião de governadores com a presidenta Dilma, onde  tratamos de assuntos de interesse dos estados.

Não poderia deixar de expressar aqui minha solidariedade ao ex-presidente Lula e à sua família, que passaram por um constrangimento público injustificado no dia de hoje. Sou um defensor intransigente da democracia e do respeito às leis. Tenho absoluta convicção de que qualquer país só é forte se as suas instituições e os direitos constitucionais forem respeitados e sólidos.

Mas, o que temos visto nos últimos dias são alguns episódios preocupantes de agressão ao estado de direito. Depois de vazamentos seletivos de suposta delação premiada atingindo a presidenta Dilma e o ex-presidente Lula, o país foi surpreendido hoje por uma ação espetaculosa, com o aparente objetivo de desestabilizar o país.

O mandado de condução coercitiva do ex-presidente, que tem prestado seguidos esclarecimentos à Justiça, inclusive sobre o processo em questão, soa arbitrário, constrangendo uma figura pública que se notabilizou no mundo inteiro, como o presidente que mais contribuiu para a redução da desigualdade social em um país.

Vivemos uma jovem democracia. Lutamos muito para conquistá-la e não iremos permitir, jamais, que as coisas sejam resolvidas em nosso país através da arbitrariedade.

Comente com Facebook