/Ceará registra três policiais mortos e quatro lesionados em janeiro

Ceará registra três policiais mortos e quatro lesionados em janeiro

Faltam dois dias para o fim de janeiro e a Associação de Profissionais de Segurança (APS) já registrou a morte de três policiais civis e militares no Ceará. Levantamento da entidade aponta ainda quatro lesionados. Todos os crimes aconteceram num espaço de 21 dias. Em janeiro de 2015, dois policiais foram mortos e outros dois, feridos no Estado. Em todo o ano de 2015, 14 policiais foram mortos, duas vítimas a mais que em 2014.

Na manhã de ontem, o Instituto Doutor José Frota (IJF), Centro, confirmou a morte do sargento da Polícia Militar José Eudes da Silva Monte, 46, baleado durante roubo a coletivo, no Conjunto Ceará, na última terça-feira, dia 26.

As imagens do circuito interno de segurança do ônibus flagraram o momento em que o sargento reagiu ao roubo e levou dois tiros na cabeça. Ele foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Conjunto Ceará, e, na mesma noite, foi levado ao IJF, onde permaneceu em coma. Na manhã de ontem, foi registrada a morte cerebral e, em seguida, a família optou pela doação dos órgãos do PM.

Filho
O filho da vítima, Jeffersson Monte, 18, diz que teve esperança na recuperação do pai até o último momento. “Meu pai não podia morrer. Vou ter que assumir minha família, uma responsabilidade nas costas. Tem minha irmã e a minha mãe. Meu sonho é ser PM igual a meu pai. Ele dentro de casa era um exemplo para mim e meu sonho é ser que nem ele. E, um dia, ele vai me ver fardado”, relatou.

Outros casos
O pai de Jefferson é um dos sete policiais vítimas de violência neste mês. Antes do sargento, foram vítimas o soldado Hudson Danilo Lima de Sousa, que foi morto no dia 7 de janeiro. Ao atender uma ocorrência de roubo em uma fazenda localizada em Jaguaretama, a 239 quilômetros de Fortaleza, o soldado foi recebido a bala. Ele ainda chegou a ser socorrido, mas morreu no IJF.

No último dia 10, foi morto o subtenente Benedito Gomes de Assunção, 53, que discutiu com dois homens no trânsito. O caso aconteceu em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri. Minutos após o bate-boca, o subtenente encontrou novamente os dois homens e um deles baleou a vítima na cabeça e no peito.

Saiba mais

Policiais que foram feridos em janeiro de 2016
Dia 16/1.
O soldado da Polícia Militar Eduardo Ribeiro Lopes foi atender a uma ocorrência no Centro e foi atingido a pedradas por uma moradora de rua. A mulher foi presa e ele foi atendido no IJF.

Dia 18/1. O inspetor da Polícia Civil José Valdei Mariano, 49, que dava plantão no 12º Distrito Policial (Conjunto Ceará), foi intervir em um homicídio e acabou baleado. Ele foi levado ao hospital, onde recebeu socorro, e em seguida voltou ao local onde fez o reconhecimento dos suspeitos presos.

Dia 23/1. O sargento Jarbas Soares, do Batalhão de Choque, foi vítima de uma tentativa de assalto, nas proximidades de casa. Ele reagiu e foi ferido a bala. Os envolvidos no caso foram presos e reconhecidos pela família do policial militar.

Dia 24/1. O soldado da PM identificado apenas como Regian teria se envolvido em uma discussão e foi lesionado a faca. O crime aconteceu no município de Quixadá.

Comente com Facebook