/Ministra Tereza Campello defende manutenção dos programas sociais

Ministra Tereza Campello defende manutenção dos programas sociais

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello, afirmou que a aprovação de corte de R$ 10 bilhões no orçamento do programa Bolsa Família “seria um desastre para o Ceará”. Caso seja efetivada, a redução teria impacto de cerca de R$ 800 milhões na economia do Estado, segundo estimativa do ministério.

Campello esteve ontem em Fortaleza para participar da entrega de caminhões e outros equipamentos para reforçar a segurança alimentar no Ceará. Durante seu discurso, a ministra criticou a ideia de corte no programa federal, sugerida como tentativa de ajustar as contas do governo para o ano que vem.

 

Ela defendeu que parlamentares rejeitem a proposta, de autoria do deputado Ricardo Barros (PP-PR), relator-geral do Orçamento 2016, de reduzir de R$ 28,8 bilhões para R$ 18,8 bilhões a verba do Bolsa Família.

Se aprovada a redução, apenas no Ceará o programa deixaria de atender 1.621.709 cearenses, informou Teresa Campello.

 

“Vocês acreditam que tem gente no Congresso Nacional propondo tirar R$ 10 bilhões do Bolsa Família? Nós somos contra. Seriam mais de R$ 800 milhões que a gente perderia por ano”, disse a ministra em discurso para prefeitos cearenses e trabalhadores rurais, no Parque de Exposições César Cals.

(O Povo)

Comente com Facebook