/Cearenses criam aplicativo para auxiliar estudantes a encontrar residência universitária

Cearenses criam aplicativo para auxiliar estudantes a encontrar residência universitária

Morar em outra cidade já é uma dificuldade. Novos amigos, cultura diferente e o desafio de se acostumar com a rotina que se inicia. Os estudantes, geralmente, lidam com o problema de encontrar uma residência boa, bonita e barata. Com Sobral, a 240 quilômetros de Fortaleza, não seria diferente.

Cidade que atrai pessoas pela oferta dos cursos universitários, a economia local inflou nos últimos anos. Os jovens, então, encontraram empecilhos em arranjar um lugar para morar. Tendo em vista isso, um grupo de estudantes resolveu criar um aplicativo que auxiliasse nessa questão: ligando interessados em alugar um local e quem disponibiliza esses espaços. Chamaram o projeto de “Minha República”.

Startup

Luís Nascimento, estudante de Engenharia da Computação da Universidade Federal do Ceará (UFC), e mais quatro amigos perceberam a dificuldade desses novos moradores de Sobral. Em fevereiro de 2015, pensaram em criar o aplicativo. Ao se unir, criaram a startup com apoio do projeto Corredores Digitais, do Governo do Ceará.

A ideia sempre foi resolver os problemas que o universitário enfrenta ao sair de casa. O usuário poderá encontrar um local para morar, sendo em uma república universitária ou alugando um imóvel na cidade pretendida.

Além disso, contará também com outras funções, como controle de despesas, lista de compras e organização de atividades. “Estamos estudando ainda colocar outras opções que poderiam interessar aos universitários, como um quadro de avisos. Mas isso apenas nas versões futuras do aplicativo”, explicou.

Com apoio do governo, os estudantes não investiram valor financeiro. Mas já pensam em uma verba para promover a ideia em 2016. “Serão recursos próprios e de terceiros para atingir outros estados e regiões do país”.

Download

O aplicativo é gratuito, entretanto só estará disponível para download no mês de dezembro. A primeira versão será disponibilizada apenas na plataforma Android. Ainda não há data para as versões em iOS ou Windows Phone.

(Tribuna do Ceará)

Comente com Facebook