/Campanha alerta para câncer de rim com atividades em Fortaleza

Campanha alerta para câncer de rim com atividades em Fortaleza

O Instituto Espaço de Vida em Fortaleza realiza, na próxima segunda-feira, 9, atividades para alertar a população sobre o câncer de rim. A campanha “Todo Rim tem sua história” terá distribuição de informativos e apoio de profissionais na Praça do Ferreira, pela manhã, e na avenida Beira Mar, durante a tarde.

O câncer renal é o mais letal entre os tumores urológicos e ocorre em 2 a 3% dos tumores malignos no adulto, explica o médico especialista do Centro de Oncologia Antonio Erminio de Moares (São Paulo), Fábio Schutz. O risco de morte varia de 30 a 40% dos casos de tumores malignos, completa ele.

As atividades da campanha, na próxima segunda-feira, incluem apresentação de sintomas e dados sobre fatores de risco. Uma médico assistencial e uma farmacêutica vão desenvolver atividades com os participantes, informou a fundadora do Instituto Espaço de Vida, Christine Battistin.

A programação inclui ainda um workshop com Fábio Schutz, às 17h30min, no Centro de Convenções Seara Praia Hotel. A campanha tem a parceria da Secretaria do Estado da Saúde do Ceará, da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), da International Kidney Cancer Coalition (IKCC) e da Pfizer.

No Brasil, 6.255 pessoas receberam o diagnóstico de câncer de rim, em 2012, segundo levantamento do Globocan, projeto da OMS. Desses diagnósticos, 3.761 eram homens e 2.494 eram mulheres.

No geral, o risco de desenvolver câncer de rim é cerca de 1 em 63 (1,6%). Este risco é maior em homens do que em mulheres, ainda conforme o Instituto Espaço Vida.

Diagnóstico
A maioria dos tumores renais é descoberta por exames após sintomas como dor nas costas ou na região abdominal. O tumor tem manifestações diversas, como hipertensão arterial, alterações do fígado, elevações dos níveis cálcio sanguíneo, aumento do volume/ tamanho das mamas e alterações hormonais.

O diagnóstico do câncer de rim pode ser feito por ultrassom, ressonância nuclear magnética, tomografia computadorizada do tórax, cintilografia óssea e biópsia. Quanto mais cedo o diagnóstico, maiores as chances de cura.

Campanha “Todo Rim tem sua História”
Data: 9 de novembro
– Das 7h às 12h30 – Praça Ferreira, Centro – em Fortaleza –
– Das 17 às 19h – Av. Beira Mar, altura do 3.080
– Das 17h30 às 20 h – Workshop: Atualização do Tratamento do Carcinoma de Células Renais com Dr. Fabio Schutz – Centro de Convenções Seara Praia Hotel.

(O POVO Online)

Comente com Facebook