/A geração Y que agita o mercado

A geração Y que agita o mercado

Compartilhe!

Eles têm entre 16 e 35 anos de idade, cresceram em expressivo contato com a tecnologia e não costumam passar muito tempo num único emprego. São imediatistas e querem novos desafios. O comportamento dos jovens da chamada geração Y, também denominada geração da tecnologia ou da internet, que abrange os jovens nascidos de 1980 a 1999, provoca mudanças no mundo do trabalho.

Segundo a professora de Administração de Recursos Humanos II na graduação e Comportamento Organizacional da Universidade Federal do Ceará (UFC), Tereza de Lima, a geração Y se destaca no ambiente de trabalho por algumas características particulares: a busca por qualidade de vida, a necessidade de formas flexíveis de trabalho e de independência, a visão crítica sobre vários aspectos das organizações, além do ceticismo em relação a ambientes de trabalho formais e opressores. “Está mais acostumada com mudanças, menos atenta às questões de segurança no trabalho, mais ansiosa por novos desafios e mais tolerante com os erros do que as gerações anteriores”, completa, ressaltando que esses jovens têm uma expectativa de crescimento profissional rápido.

Explica que por causa de suas experiências e atitudes em relação ao trabalho, essa geração é significativamente diferente das anteriores em suas necessidades e expectativas profissionais. Para a professora da UFC um dos principais desafios que as organizações enfrentam é como atrair, envolver e reter esses jovens.

(POVO Online)


Compartilhe!

Comente com Facebook