/Criança do município de Tauá morre em Miami 5 meses após transplante.

Criança do município de Tauá morre em Miami 5 meses após transplante.

A menina Sofia Gonçalves de Lacerda, de um ano e oito meses, portadora de uma doença rara e que havia sido submetida a um transplante do aparelho digestivo, morreu na madrugada desta segunda-feira, 14, no hospital Jackson Memorial, em Miami, Estados Unidos.

A criança não resistiu a uma infecção contraída depois que deixou o hospital para se recuperar em casa, no regime de home care. Sofia estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital e não reagiu ao tratamento.

Os médicos afirmam que um vírus resistente atacou o pulmão de Sofia e que os órgãos transplantados não foram afetados.

A menina nasceu no Brasil e teria poucos meses de vida se não trocasse os órgãos do aparelho digestivo – fígado, estômago, pâncreas, intestino delgado e intestino grosso.

A família fez uma grande mobilização pelas redes sociais e conseguiu na Justiça que o governo brasileiro bancasse o tratamento no exterior.

Neste domingo a mãe da Criança, Patrícia de Lacerda, pediu neste domingo (13) em uma rede social para seus seguidores “intensificarem as orações” pela melhora da pequena. De acordo com post da mãe, os médicos que atendem a menina perguntaram se a família quer que os aparelhos utilizados para manter a bebê viva sejam desligados. Mas, a resposta foi negativa: ela segue entubada e respira com ajuda de aparelhos. Segundo relatos da mãe na rede social, o problema afetou e comprometeu o funcionamento dos pulmões e está resistindo ao combate com antibióticos. “Vamos intensificar as orações para Deus fazer o impossível”, pediu. (Blog Manuel Sales).

Comente com Facebook