/Uso do novo extintor de incêndio em veículos é adiado pela terceira vez

Uso do novo extintor de incêndio em veículos é adiado pela terceira vez

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) prorrogou pela terceira vez, por mais 90 dias, a exigência do uso em veículos de extintores ABC. Segundo o Ministério das Cidades, o objetivo é que os técnicos do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) possam “concluir as avaliações que estão sendo realizadas” sobre os extintores.

Em março, quando o prazo havia sido adiado pela segunda vez, o motivo alegado pela pasta era a falta do equipamento à venda no mercado. Desde janeiro, quando a medida entrou em vigor, motoristas de várias regiões do País relataram dificuldades para encontrá-lo no mercado. O Denatran primeiro estendeu o prazo da obrigatoriedade da aquisição para o dia 1.º de abril, depois para 1° de julho. A nova data ainda será definida em resolução a ser publicada pelo Contran.

O motorista que não tiver o equipamento receberá multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira de habilitação. O extintor ABC controla incêndios em estofados, tapetes e painéis, enquanto o modelo antigo, o BC, é eficaz apenas contra fogo em equipamentos elétricos ou provocado por líquidos inflamáveis.

Comente com Facebook