/REFORMA POLÍTICA OU VAI OU RACHA

REFORMA POLÍTICA OU VAI OU RACHA

VIAGENS SUSPENSAS
Eduardo Cunha, presidente da Câmara, avisou deputados que nenhuma viagem oficial será autorizada na última semana de maio. Ele quer votar o texto da Reforma Política no período e ninguém poderá se ausentar entre os dias 25 e 29 próximos. O objetivo é assegurar quórum: para a aprovação da PEC são necessários 308 votos no plenário. Eduardo Cunha em  suas andanças pelos Estados para defender a Reforma Política, ressaltando que o atual sistema está falido, percebeu que sua aceitação não estava muito boa. Em alguns locais foi mal recebido, vaiado e até impedido de falar. Eduardo Cunha percebeu que é melhor acelerar o processo que se desgastar ainda mais.

Comente com Facebook