/Ceará e Fortaleza começam a decidir o título estadual de 2015

Ceará e Fortaleza começam a decidir o título estadual de 2015

O Campeonato Cearense 2015 começou com duas missões antagônicas. Se em Porangabuçu a meta era conquistar o pentacampeonato estadual após 96 anos, no Pici o objetivo estava justamente em impedir o rival. Três meses e 12 dias após o pontapé inicial do certame, Fortaleza e Ceará se encontram na decisão estadual nutrindo os mesmo sonhos. Leão e Vovô começam, a partir das 16 horas deste domingo, a decidir o Estadual querendo atingir os respectivos propósitos e dar cabo aos do oponente.

 

O Fortaleza chega para a final disposto a colocar “água no chope” do Ceará, que se vê também no meio da decisão da Copa do Nordeste contra o Bahia, com a possibilidade de obter duas importantes conquistas no período de uma semana.
“É uma partida difícil, mas que a gente pode tirar vantagem. O Ceará está todo eufórico, acha que vai ser campeão do mundo. Nós temos que mostrar foco no Cearense e fazer a nossa parte para conquistar o campeonato”, afirmou Jorge Mota, presidente do Fortaleza.
No Vovô, o trabalho é todo voltado em não deixar a peteca cair, nem confiar na vantagem de dois resultados iguais. “É matar ou morrer. Para nós e para o Fortaleza. Se vencermos, melhor para a gente”, disse o técnico Silas.
Com um descanso de dez dias antes da final, Marcelo Chamusca teve tempo para pensar em uma estratégia que permita ao Leão sair vitorioso do primeiro jogo e, sobretudo, recuperar atletas que se machucaram no período. Casos de Daniel Sobralense, Éverton, Corrêa e Adalberto, que devem entrar como titulares. Lima e Vinícius Hess, suspensos, são desfalques. Genílson e Auremir devem entrar.
No Ceará, mal houve tempo para comemorar a vitória sobre o Bahia em Salvador, no jogo de ida pela Copa do Nordeste. O Vovô logo “virou a chave”.
Silas não terá à disposição o zagueiro Sandro e o atacante William, no departamento médico. Como os dois seriam prováveis reservas e sem desfalques por suspensão, a tendência é que o treinador repita a escalação utilizada no meio de semana contra o Bahia.

Fonte: O Povo on line

Comente com Facebook