/Senado da o primeiro passo para acabar com a figura do puxador de votos

Senado da o primeiro passo para acabar com a figura do puxador de votos

O Senado  aprovou em primeiro turno proposta de emenda constitucional que limita a realização de coligações apenas nas eleições majoritárias. O plenário aprovou do Senado aprovou a medida que na prática acaba com a figura do puxador de votos.

A coligação é a união de dois ou mais partidos cujo objetivo é apresentação conjunta de candidatos em uma determinada eleição. No caso das eleições majoritárias, os partidos se unem para eleger o presidente da República, o governador do Estado e o prefeito.

Já nas eleições proporcionais são eleitos deputados federais, estaduais, distritais (DF) e vereadores. A proposta tem como foco este último sistema em que se aplica o chamado quociente eleitoral, obtidos pela divisão do número de “votos válidos” pelo de “vagas a serem preenchidas”.

Esse modelo propicia o chamado “efeito Tiririca” em que votos em um candidato também ajudam a eleger outros do grupo de partidos que se uniram.

Em 2010 ocorreu um fato concreto com o Deputado Federal Tiririca. o humorista conquistou 1,35 milhão de votos e dessa forma garantiu uma cadeira na Câmara e a de mais 3,5 deputados.

Sem a possibilidade de se fazer as coligações na disputa para as vagas de deputados e vereadores acaba-se com a figura do “puxador de votos”. Na prática é o primeiro passo para o fortalecimento dos partidos políticos e um avanço para consolidação da Reforma Política que esta em discussão em todo o país.

Comente com Facebook