/Desastre aéreo na Argentina mata três atletas franceses

Desastre aéreo na Argentina mata três atletas franceses

Três renomados atletas franceses estão entre as vítimas do desastre aéreo que matou dez pessoas ontem na província de La Rioja, no oeste da Argentina, perto da Cordilheira dos Andes. No acidente, dois helicópteros colidiram no ar e caíram. A tragédia vitimou a nadadora Camille Muffat (foto), de 25 anos, o boxeador Alexis Vastine, 28, e a velejadora Florence Arthaud, 57. Os três participavam do reality show francês Dropped, programa em que celebridades são colocadas em situações extremas na natureza.

Considerada uma das grandes estrelas da natação francesa na atualidade, Muffat conquistou três medalhas na Olimpíada de Londres, em 2012: ouro nos 400m livre, prata nos 200m livre e bronze 4 x 200 metros livre. A nadadora havia anunciado uma parada na carreira em julho de 2014. Outro medalhista olímpico era o boxeador Vastine, que conquistou o bronze em Pequim-2008 na categoria meio-médio-ligeiro. Já Arthaud era uma experiente velejadora que venceu a renomada Route du Rhum, uma corrida de barcos a vela com rota entre a França e o Caribe, em 1990.

As outras vítimas do acidente foram os dois pilotos argentinos e cinco integrantes da produção do reality show. A equipe do programa estava dividida entre os dois helicópteros.

As condições meteorológicas no momento da colisão eram normais. Segundo testemunhas, os helicópteros se “tocaram no ar”. Autoridades Villa Castelli, perto de onde o choque ocorreu, afirmou que as aeronaves ficaram “totalmente queimadas”. Ainda há quarenta pessoas da equipe de produção do programa na região.

Hollande – Em comunicado, o presidente francês François Hollande lamentou a tragédia. “O desaparecimento brutal de nossos compatriotas é uma imensa tristeza”, declarou Hollande, que enviou suas condolências às famílias e aos amigos das vítimas, acrescentando que a embaixada da França na Argentina e o centro de crise do Ministério das Relações Exteriores estão “mobilizados para contribuir com as informações e a ajuda necessárias”. Falando sobre Arthaud, Muffat e Vastine, o governante destacou que os atletas foram figuras que “fizeram a França brilhar”.

Comente com Facebook