/Camilo aguarda confirmação de audiência com Dilma na sexta

Camilo aguarda confirmação de audiência com Dilma na sexta

Durante a sua passagem pela Assembleia Legislativa, o governador do Estado do Ceará, Camilo Santana, assegurou para a imprensa que, na próxima sexta-feira (6), pode se reunir com a presidente Dilma Rousseff (PT) para tratar sobre a estiagem. Na pauta, segundo ele, também entrará a cobrança pela implantação da Refinaria no Ceará, cancelada pela Petrobras na última quarta-feira (28).

Para o encontro, Camilo afirmou que está apenas aguardando que o chefe do gabinete da presidente confirme o encontro. Durante o seu pronunciamento na Casa, onde divulgou as mudanças administrativas do seu governo, Camilo enfatizou que a estiagem será o maior desafio de seu governo e assegurou a manutenção de políticas de ações emergenciais e estruturantes. Com relação à temática, o chefe do Executivo salientou que levará o plano de ações em construção para a presidente Dilma, com as reivindicações de recursos que o Ceará precisará este ano, enfrentar essa situação da Seca. O petista também anunciou que trabalhará uma campanha junto com a sociedade, quanto ao uso racional da água.

 

REFINARIA

Camilo ressaltou ainda que não desistirá da implantação da refinaria no Estado e assegurou que não vai abrir mão, juntamente com a Assembleia, com os deputados federais, senadores e  com o povo do Ceará, de lutar para que o projeto possa se concretizar. “A luta pela refinaria, que recebeu deste parlamento tanta energia, vai continuar com ainda mais empenho e determinação. Pretendo realizar um governo em permanente transformação, revendo dia a dia as nossas metas, os nossos compromissos, ouvindo os mais diferentes atores que edificam a nossa realidade, numa construção dialética capaz de garantir um maior índice de acertos”, disse, pontuando que o seu governo será de criação de oportunidades para indivíduos, instituições e empresas, construída com a marca do diálogo e da perseverança.

REDAÇÃO DO CEARÁ NOTÍCIAS

O Estado Ceará

Comente com Facebook