/Bica do Ipu não aguenta estiagem e desaparece no Interior cearense

Bica do Ipu não aguenta estiagem e desaparece no Interior cearense

Uma das atrações turísticas mais famosas do Estado estaria tendo a água das nascentes represada para utilização agrícola há pelo menos cinco meses.

São as suspeitas que recaem na Bica do Ipu, que com 130 metros de queda d’água era conhecida pela fartura hídrica.

Suspeitas

A estiagem dos últimos três anos e a degradação das nascentes fizeram diminuir o volume de água na bica do Ipu.

Porém, a população não acredita que apenas a falta de chuvas tenha causado a situação, mas sim, o represamento irregular das nascentes que formam a cachoeira. “Trabalho desde o começo dos anos 80 e nunca tinha visto essa situação”, afirma o garçom João Gomes.

Soluções

A situação econômica da região já começa a ser afetada. No turismo, as pousadas do município tiveram queda de 70% no movimento, em relação ao mesmo período de 2014.

“Quando o hóspede liga para reservar, a primeira pergunta é se tem água na bica”, conta a gerente de pousada, Sandra Marques.

Para o prefeito de Ipu, Sérgio Rufino, a denúncia de represamento ilegal não é confirmada. Porém, ele garante que as denúncias estão sendo investigadas.

* Diário TV

Comente com Facebook