/Maia chama de desnecessária e desrespeitosa decisão de Fux, Moro defende o ministro do STF

Maia chama de desnecessária e desrespeitosa decisão de Fux, Moro defende o ministro do STF

Depois de aprovada pelo Congresso e sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro a lei do pacote anticrime que cria a figura do juíz das garantias, teve decisão prorrogada por tempo indeterminado por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux.

O presidente da Câmara Rodrigo Maia reagiu a decisão do ministro Fux.

“Eu acho que a decisão do ministro Fux é desnecessária e desrespeitosa com o Parlamento brasileiro e com o governo brasileiro, com os outros Poderes”, afirmou Maia. Para o deputado, depois de um primeiro semestre turbulento com embates entre Executivo, Legislativo e Judiciário, os Poderes haviam estabelecido relação harmoniosa. Segundo ele, essa decisão gera “perplexidade, indignação” do Congresso e é um mau sinal para investidores.

Ex-juiz da Lava Jato e ministro da Justiça Sérgio Moro disse em rede social que nunca escondeu ser contra a figura do juiz das garantias.

“Cumpre, portanto, elogiar a decisão do Min Fux suspendendo, no ponto, a Lei 13.964/2019. Não se trata simplesmente de ser contra ou a favor do juiz de garantias. Uma mudança estrutural da Justiça brasileira demanda grande estudo e reflexão. Não pode ser feita de inopino”. Declara Moro.

Comente com Facebook